A bull call spread, ou trava de alta com call, é uma operação indicada quando você acha que determinada ação irá subir, porém será uma alta moderada.

Montagem da operação

A operação consiste na compra de uma call e venda de outra call em um strike acima da call comprada, ambas pra o mesmo vencimento. Desta forma, você ganha se a operação ficar acima do seu strike (mais custos de montagem) e seu ganho é travado no momento em que a ação atinge (se atingir) o strike da sua call vendida.

A call comprada te dá o direito de comprar uma ação a um determinado strike. A call vendida te obriga a vender a ação no strike determinado. É o famoso comprar na alta e vender na baixa. Neste caso, nada te garante que isso acontecerá, mas você compra esse direito.

Operacionalizando da forma descrita, você está comprando um direito de comprar uma ação a um preço determinado e se obriga a vender ao preço que você definir acima do preço que você tem direito de comprar.

Simulação com dados reais

Vamos supor a seguinte operação, com calls de PETR4 para vencimento em fevereiro de 2021.

Teríamos dessa forma o seguinte payout:

Pagamos R$ 570,00 (desconsiderando taxas) para montar a operação (500 x-1,64) + (500 x 0,50). Esse valor também é o prejuízo máximo da operação.

Meu lucro máximo é a minha posição (500 opções) multiplicado pela diferença entre strikes (que neste caso é de R$ 3,25), subtraído do que pagamos para montar a operação(R$ 570), resultando em R$ 1.055,00.

Lucro e prejuízo máximos definidos no momento da operação

Como descrito acima, no momento em que a trava de alta com call é montada, o investidor já sabe o lucro e o prejuízo máximo.

Gráfico do payout da operação

Este seria o gráfico da operação. O gráfico considera alguns emolumentos e taxas de corretagem, que estamos ignorando nas nossas contas pois a corretagem varia de corretora para corretora).

Break-even

O break-even é atingido assim que a ação fica acima do seu strike + o custo da operação.

1,64-0,50=1,14

Strike 31, custo 1,14, break-even com a cotação em R$ 32,14.

Lucro até o limite de alta

A partir do momento que a ação atinge R$ 32,14, para cada centavo que a ação subir, seu lucro aumenta em R$ 5,00, até o momento em que a ação atinja e permaneça acima de R$ 34,25. Neste caso, você terá atingido o lucro máximo de R$ 1.055,00. Não importa se a ação chegar a R$ 50,00, você lucra até o limite do strike da sua call vendida.

Por que operar com trava de alta e não comprar opção a seco?

Bom, são estratégias diferentes.

A grande vantagem da trava de alta com call é que a operação sai mais barata, uma vez que você usa a parte vendida para financiar a call comprada.

No exemplo deste post, caso você optasse por comprar uma call seca no strike R$ 31,00, você pagaria R$ 820,00. Ou seja, você aumentaria também o seu prejuízo máximo, que passaria de R$ 570,00 para R$ 820,00, uma operação 44% mais cara.

Você precisaria que a ação subisse mais também para chegar ao seu break-even. Você ficaria no zero a zero na call seca quando a ação chegasse nos R$ 32,64 (Strike 31,00 + 1,64 para montar), enquanto na trava de alta com call o breakeven acontece nos 32,14, ou seja, 1,5% a menos na cotação.

Cada escolha, uma renúncia. Ao tornar a operação mais barata e aumentar a sua probabilidade de lucro, você precisa abrir mão do lucro infinito (e raro) que a operação de compra de call seca pode proporcionar.

Quando montar?

Se você leu o post sobre IV rank e IV Percentil, saber que quando a volatilidade está baixa, o prêmio das opções tende a estar menor, favorecendo operações que envolvem compra de calls/ puts. Portanto, analiso o IV Rank e IV Percentil da ação. No cenário atual, analisando apenas o IVR e IVP, seria válido considerar a montagem da operação.

Gosto de operações mais longas, onde o theta não irá corroer tanto o valor das calls. (Lembra das gregas?)

Indicações gráficas de alguma reversão ou continuidade de movimento.

E você? Trabalha com esse tipo de estrutura? Deixe seu comentário abaixo.

Deixe uma resposta