Notas e destaques de Onde os Sonhos Acontecem: Meus 15 anos como CEO da The Walt Disney Company

Iger, Robert


Em Onde Os Sonhos Acontecem, Robert Iger narra a sua trajetória profissional, que o levou a CEO da Disney e os desafios que enfrentou à frente da maior empresa de entretenimento do mundo, sempre focado em sua figura de líder da companhia.

fireworks display above blue brown and red castle
Photo by Zichuan Han on Pexels.com

O prefácio já é assustador: Robert conta como teve que lidar com o acidente que ocorreu em um dos parques da Disney, quando uma criança de 2 anos foi morta por um crocodilo. Se não fosse devastador o bastante, a tragédia ocorreu no momento em que ele estava em Shangai para inaugurar um novo parque, que levara 16 anos para ser concluído.

O CEO conta ainda, em detalhes, seu contato e parceria com Steve Jobs em negociação com a Pixar, assim como os bastidores da compra da Marvel, Star Wars e a virada de chave da companhia para o serviço de streaming.

Prólogo

Coragem . A base da admissão de riscos é a coragem e , em negócios em constante mutação e revolução , correr riscos é essencial , a inovação é vital , e a verdadeira inovação ocorre apenas quando as pessoas são corajosas . Isso vale para aquisições , investimentos e alocações de capital , e se aplica em particular a decisões criativas . O medo do fracasso destrói a criatividade .

Líderes devem incentivar a diversidade de opiniões , equilibrando – a com a necessidade de tomar e implementar decisões . A indecisão crônica não só é ineficiente e contraproducente , como também profundamente corrosiva para o moral .

Pessoas que cometem erros sem querer merecem segundas chances , e julgar os outros com muita rigidez provoca medo e ansiedade , o que desencoraja a comunicação e a inovação .

Não significa uma busca pela perfeição a todo custo , mas uma recusa em aceitar a mediocridade ou arranjar desculpas por algo ser “ bom o suficiente ” .

modo como você faz qualquer coisa é o modo como você faz todo o resto .

Parte 1 – Aprendizado

Capítulo 1 – Começando por baixo

Inovar ou morrer , e não há inovação se você agir com medo do novo ou do que ainda não foi experimentado .

A perfeição era resultado de acertar todos os mínimos detalhes .

Encontrar o equilíbrio entre exigir que o seu pessoal tenha um bom desempenho e não lhes incutir o medo do fracasso é um negócio delicado .

Excelência e justiça não precisam ser mutuamente excludentes .

Capítulo 3 – Aprenda o que não sabe (e confie no que faz)

Você precisa ser humilde e não pode fingir ser alguém que não é ou que sabe algo que não sabe . Contudo , você também está em uma posição de liderança e , portanto , não pode deixar que a humildade o impeça de liderar .

Não há nada que inspire menos confiança do que uma pessoa que finge um conhecimento que não possui . A verdadeira autoridade e a verdadeira liderança vêm de saber quem você é e não fingir ser outra coisa .

A empatia é um pré – requisito para o bom gerenciamento da criatividade , e o respeito é fundamental .

Capítulo 4 – Entra a Disney

“ Evite entrar no ramo de óleo para trombone . Você pode se tornar o maior fabricante de óleo para trombone do mundo , mas , no fim das contas , o mundo consome apenas alguns litros de óleo para trombone por ano ! ”

Gerenciar o próprio tempo e respeitar o dos outros é uma das coisas mais importantes que um gerente deve fazer ,

Capítulo 5 – Segundo na fila

Como líder , você deve querer que aqueles que estão ao seu redor estejam ávidos para crescer e assumir maiores responsabilidades , desde que sonhar com o trabalho que desejam não os distraia do trabalho que têm em mãos .

Você não pode deixar a ambição ir muito além da oportunidade .

Todo mundo quer acreditar que é insubstituível . O truque é não se apegar à noção de que você é a única pessoa capaz de fazer aquele trabalho .

Capítulo 6 – Coisas boas podem acontecer

como líder , você não pode transmitir esse pessimismo para as pessoas ao seu redor . Isso arruína o moral . Consome energia e inspiração . As decisões são tomadas a partir de uma postura protetora , defensiva .

O pessimismo leva à paranoia , que leva à atitude defensiva , que leva à aversão ao risco .

O otimismo aciona uma máquina diferente . Especialmente em momentos difíceis , as pessoas que você lidera precisam sentir confiança na sua capacidade de se concentrar no que importa , e não agir a partir de uma posição defensiva e de autopreservação .

O tom definido pelo líder tem um efeito enorme nas pessoas ao redor . Ninguém quer seguir um pessimista

Capítulo 7 – Diz respeito ao futuro

A cultura de uma empresa é moldada por muitas coisas , mas esta é uma das mais importantes : você precisa comunicar as suas prioridades de forma clara e constante .

Se os líderes não articularem claramente as prioridades , as pessoas ao redor não saberão quais são as próprias prioridades .

Continuar criando as mesmas coisas para os mesmos clientes fiéis era estagnação .

Nunca seremos admirados nem conquistaremos o público a menos que primeiro sejamos admirados por nosso próprio pessoal .

É fácil ser otimista quando todos dizem que você é ótimo . É bem mais difícil e muito mais necessário quando seu senso sobre si mesmo está sendo desafiado ,

Parte 2 – Liderando

Capítulo 8 – O poder do respeito

Não deixe seu ego interferir na tomada da melhor decisão possível .

Se você abordar e envolver as pessoas com respeito e empatia , aquilo que parece impossível pode se tornar real .

Capítulo 9 – Disney-Pixar e um novo caminho para o futuro

“ Alguns prós consistentes são mais poderosos do que dezenas de contras ” , argumentou Steve . “ Então , o que devemos fazer a seguir ? ” Outra lição : Steve era ótimo em avaliar todos os lados de uma questão e não permitir que os aspectos negativos ofuscassem os positivos , principalmente para as coisas que ele queria realizar . Essa era uma qualidade poderosa .

“ Não é o crítico que importa . Não é aquele que aponta como o forte tropeça ou onde aquele que faz poderia ter feito melhor . O crédito pertence ao homem que está realmente na arena , cuja face está manchada de poeira , suor e sangue . ”

Capítulo 10 – A Marvel e grandes riscos que fazem todo o sentido

Cerque – se de pessoas que sejam boas além de serem boas no que fazem .

Capítulo 11 – Star Wars

Você deve tentar reconhecer que , quando as apostas em um projeto são muito altas , não é muito vantajoso pressionar ainda mais as pessoas que trabalham nele . Projetar sua ansiedade em sua equipe é contraproducente . É sutil , mas há uma diferença entre demonstrar que você compartilha o estresse deles — que está nessa com eles — e demonstrar que precisa que eles cumpram com a parte deles para aliviar o seu estresse .

Capítulo 12 – Inovar ou morrer

“ Se algo não lhe parecer certo , provavelmente não é certo para você . ”

O Twitter era uma plataforma potencialmente poderosa para nós , mas eu não podia ignorar os desafios que acarretaria . Os desafios e controvérsias eram quase numerosos demais para serem listados , mas incluíam questões de como gerenciar o discurso de ódio e tomar decisões difíceis em relação à liberdade de expressão , o que fazer com contas falsas expelindo “ mensagens ” políticas através de algoritmos para influenciar eleições , além da fúria generalizada e da falta de civilidade que às vezes era evidente na plataforma .

Capítulo 13 – Integridade não tem preço

exigir qualidade e integridade de todos os nossos funcionários e de todos os nossos produtos é fundamental , e não há espaço para segundas chances ou tolerância quando se trata de uma transgressão aberta que desonra a empresa de algum modo .

Na verdade , foi uma decisão fácil . Eu não me perguntei qual seria a repercussão financeira daquilo nem me importei . Em momentos assim , é preciso olhar além das perdas comerciais e ser guiado , mais uma vez , pela simples regra de que não há nada mais importante do que a qualidade e a integridade de seu pessoal e de seu produto . Tudo depende de que esse princípio seja mantido .

Capítulo 14 – Valores fundamentais

De certa forma , acho que esse também é um truque de liderança : manter a consciência de si mesmo quando o mundo lhe diz quão poderoso e importante você é . No momento em que você começa a acreditar demais nisso , no momento em que se olha no espelho e vê um título estampado na testa , você se perdeu .

Apêndice – Lições

Para contar grandes histórias , é necessário ter grandes talentos .

Agora mais do que nunca : inovar ou morrer . Não pode haver inovação se você agir com medo do que é novo .

Falo muito sobre “ a busca incansável pela perfeição ” . Na prática , isso pode significar muitas coisas e é difícil de definir . É mais uma mentalidade do que um conjunto específico de regras . Não se trata de perfeccionismo a todo custo . Trata – se de criar um ambiente em que as pessoas se recusem a aceitar a mediocridade . Trata – se de recuar ante o desejo de dizer que “ bom o bastante ” é bom o bastante .

Assuma a responsabilidade quando errar . No trabalho , na vida , você será mais respeitado e mais digno da confiança das pessoas ao seu redor se reconhecer seus erros . É impossível evitá – los , mas é possível reconhecê – los , aprender com eles e dar o exemplo de que às vezes errar é normal .

Seja decente com as pessoas . Trate todos com justiça e empatia . Isso não significa diminuir as expectativas ou passar a mensagem de que erros são tolerados . Significa criar um ambiente onde as pessoas saibam que você as ouvirá , que você é emocionalmente consistente e imparcial e que elas terão segundas chances se cometerem erros tentando fazer o seu melhor .

Excelência e justiça não precisam ser mutuamente exclusivas . Busque a perfeição , mas esteja sempre ciente da armadilha de se preocupar apenas com o produto e nunca com as pessoas .

verdadeira integridade — um senso de saber quem você é e ser guiado pelo próprio juízo de certo e errado — é uma espécie de arma secreta da liderança . Se você confiar nas próprias intuições e tratar as pessoas com respeito , a empresa passará a representar os valores pelos quais você vive .

Valorize a competência mais do que a experiência e coloque as pessoas em cargos que exijam mais do que elas sabiam serem capazes .

Faça as perguntas necessárias , admita sem desculpas o que não entende e se esforce para aprender o que for necessário o mais rápido possível .

Gerenciamento de criatividade é uma arte , não uma ciência . Ao fazer observações , lembre – se de quanto a pessoa com quem você está falando se dedicou ao projeto e como aquilo é importante para ela .

Não comece com negatividade nem tratando de miudezas . As pessoas costumam se concentrar em detalhes como uma forma de mascarar a falta de ideias claras , coerentes e relevantes . Se você aborda um problema de maneira mesquinha , vai parecer mesquinho .

De todas as lições que aprendi em meu primeiro ano no horário nobre da ABC , a constatação de que a criatividade não é uma ciência foi a mais profunda . Acabei me sentindo confortável com o fracasso — não com a falta de esforço , mas com o fato de que , se você quer inovação , precisa se permitir errar .

Não entre no negócio de jogar com prudência . Esteja no negócio de criar possibilidades para a grandeza .

Não deixe sua ambição atrapalhar uma oportunidade . Ao se fixar em um trabalho ou projeto futuro , você fica impaciente com o lugar onde está . Você não dedica atenção suficiente às responsabilidades que tem e , portanto , a ambição pode se tornar contraproducente . É importante saber como encontrar o equilíbrio — faça bem seu trabalho ; seja paciente ; procure oportunidades para participar , expandir e crescer ; e , com atitude , energia e concentração , torne – se uma das pessoas a quem os chefes acreditam que precisarão recorrer quando surgir uma oportunidade .

Meu ex – chefe Dan Burke certa vez me enviou um bilhete que dizia : “ Evite entrar no ramo de óleo para trombone . Você pode se tornar o maior fabricante de óleo para trombone do mundo , mas , no fim das contas , o mundo consome apenas alguns litros de óleo para trombone por ano ! ” Ele estava me dizendo para não investir em pequenos projetos que minariam meus recursos e os da empresa e não renderiam muito em troca .

Quando as pessoas no topo de uma empresa têm um relacionamento disfuncional , não há como o restante da empresa ser funcional . É como ter pais que brigam o tempo todo . As crianças percebem e começam a refletir a animosidade de volta para os pais e entre si .

Se você não fizer seu trabalho como líder , as pessoas ao seu redor perceberão , e você rapidamente perderá o respeito . É preciso estar atento . Muitas vezes , é necessário participar de reuniões que , se tivesse escolha , você optaria por não participar . É necessário ouvir os problemas das pessoas e ajudá – las a encontrar soluções . Tudo isso faz parte do cargo .

Todo mundo quer acreditar que é indispensável . Você precisa ser lúcido o bastante para não se apegar à ideia de que você é a única pessoa capaz de fazer determinado trabalho . Essencialmente , uma boa liderança não significa ser indispensável ; trata – se de ajudar as outras pessoas a se prepararem para ocupar o seu lugar — garantindo – lhes acesso à sua própria tomada de decisão , identificando as habilidades que precisam desenvolver , ajudando – as a melhorar e , às vezes , sendo honesto sobre o motivo de não estarem prontas para darem o próximo passo .

A reputação de uma empresa é a soma total das ações de seu pessoal e a qualidade de seus produtos . Você precisa exigir integridade do seu pessoal e de seus produtos o tempo todo .

Michael Eisner dizia : “ A microgestão é subestimada . ” Concordo com ele — até certo ponto . Atentar aos detalhes pode demonstrar quanto você se importa . Afinal , o “ grande ” costuma ser um conjunto de coisas muito pequenas . A desvantagem do microgerenciamento é que ele pode ser estupidificante e reforçar a sensação de não confiar nas pessoas que trabalham para você .

Muitas vezes , lideramos com medo e não com coragem , tentando construir a todo custo um baluarte para proteger modelos antigos que não sobreviveriam às mudanças em curso . É difícil olhar para os modelos atuais , às vezes até mesmo para aqueles que são lucrativos no momento , e tomar uma decisão que irá prejudicá – los para enfrentar a mudança que está por vir .

Se vagar pelos corredores dizendo constantemente às pessoas que “ o céu está desabando ” , com o tempo uma sensação de desgraça e melancolia permeará a empresa . Você não pode comunicar pessimismo para as pessoas ao seu redor . Isso arruína o moral . Ninguém quer seguir um pessimista.

O pessimismo leva à paranoia , que leva à atitude defensiva , que leva à aversão ao risco .

O otimismo surge da fé em si mesmo e nas pessoas que trabalham para você . Não se trata de dizer que as coisas estão bem quando não estão nem de transmitir uma fé inata de que “ tudo vai dar certo ” . Trata – se de acreditar em suas habilidades e nas das outras pessoas .

Às vezes , as pessoas evitam grandes mudanças porque argumentam contra algo antes mesmo de tentarem . Os arremessos de longa distância em geral não vão tão longe quanto parece . Com consideração e comprometimento suficientes , as ideias mais ousadas podem ser executadas .

Você precisa comunicar suas prioridades de forma clara e constante . Se não articular claramente o que deve ser feito , as pessoas a seu redor não saberão quais devem ser as próprias prioridades . Tempo , energia e capital são desperdiçados .

Você pode fazer muito pelo moral das pessoas ao seu redor ( e , consequentemente , pelas pessoas ao redor delas ) apenas eliminando as especulações do dia a dia . Muitos trabalhos são complexos e demandam enormes quantidades de concentração e energia , mas esse tipo de mensagem é bem simples : É aqui que queremos chegar . É assim que chegaremos lá .

Os avanços tecnológicos tornarão obsoletos os modelos de negócio mais antigos . Você pode lamentar e tentar , com todas as suas forças , proteger o statu quo , ou pode trabalhar pesado para entender e adotar as mudanças com mais entusiasmo e criatividade do que seus concorrentes .

Destaque (amarelo) – Posição 3740

Preciso tratar do futuro , não do passado .

É fácil ser otimista quando todos estão dizendo que você é ótimo . É muito mais difícil e muito mais necessário quando seu senso sobre si mesmo está em jogo .

No mundo dos negócios , tratar os outros com respeito é uma moeda subvalorizada . Um pouco de respeito abre muitas portas , e sua falta pode sair muito cara .

Deixe uma resposta